quarta-feira, 18 de maio de 2011

Carta do Dia: A ESTRELA

Eis uma das cartas mais positivas do tarot! Indica inspiração, criatividade, oportunidades. O espírito da humanidade visto sob o aspecto criativo. Enfim...A Esperança! Quando tudo mais perde o sentido, quando se vão todos nossos desejos, quando sentimos que perdemos tudo... é esta, a esperança de dias melhores ou quem sabe de bem aventurança em outra vida, que nos mantém vivos. Literalmente.

É interessante observar que é a esperança a quintessência divina presente em cada um de nós. Segundo Aristóteles, o mundo é composto de 5 elementos básicos, sendo quatro presentes no planeta. Na carta os vemos em sua simbologia: o fogo na própria estrela, o ar representado pelo pássaro ou insetos (conforme o tipo de tarot), a água e a terra . Quando todos os elementos estão nos seus devidos lugares e interagem, formam o quinto elemento, o espiritual, que dá vida a todos os outros. É o hipotético 5º elemento, o éter, também chamado de quinta-essência ou quintessência, presente no cosmo. Ao contrário dos outros elementos, é este mais de acordo com o princípio do Mundo das Ideias, de Platão, posto que é uma substância não palpável, não dimensionável. Não concebida pela ciência. E como pode a ciência, com seus instrumentos rudimentares, capturar o próprio espírito da vida, divinamente insuflado no corpo humano no momento da sua criação? E é pela espiritualidade que esta carta encerra que ela acaba sendo uma carta extremamente positiva, não escondendo qualquer sentido oculto. Se a diferença entre o remédio e o veneno está na dose, esta máxima não vale para a esperança - a esperança é a única virtude que sempre é positiva, mesmo em demasia.

Um mito que fala com muita propriedade da esperança está contida na história de Pandora, motivo pelo qual o tarot mitológico a usa para representar a carta da estrela.

A Caixa de Pandora

Na Mitologia, Pandora foi criada por Hefesto (Vulcano), o Deus das Artes, cumprindo ordens de Zeus que ordenou a Hefesto que modelasse uma mulher semelhante às deusas imortais e que ela fosse muito dotada.
Poucas horas depois, Hefesto chegou com uma estátua de pedra que retratava uma belíssima e encantadora donzela. Ela era linda e clara como a neve. Atena (Minerva) lhe deu a vida com um sopro e ensinou-lhe a arte da tecelagem. Os outros deuses dotaram-na de todos os encantos: Afrodite (Vênus) deu-lhe a beleza, o desejo indomável e os encantos que seriam fatais aos indefesos homens. Apolo confere-lhe a voz suave do canto e a música, as Graças embelezaram-na com lindíssimos colares de ouro e Hermes (Mercúrio), a persuasão. Por tudo isso ela recebeu o nome de Pandora, que significa "a que possui todos os dons". Mas como os Deuses tem seus motivos ocultos, da forma mais perfeita e eficaz fez-se o malefício: Zeus enviou Pandora como presente a Epimeteu, levando consigo um grande vaso fechado do Olimpo como presente de casamento ao  marido, a 'Caixa de Pandora'. Epitemeu, cujo nome significa "aquele que pensa depois" ou "o que reflete tardiamente", havia sido avisado por Prometeu para não aceitar nenhum presente dos deuses. Porém,  encantado com Pandora, desconsidera as recomendações do irmão. Pandora abre o presente então diante dele e de dentro, como nuvem negra, escapam todas as maldições e pragas que assolam todo o planeta. Desgraças que até hoje atormentam a humanidade. Pandora ainda tenta fechar a ânfora divina, mas era tarde demais: ela estava vazia, com a exceção da "Esperança", que permaneceu presa junto à borda da caixa. Esperança, a única forma do homem para não sucumbir às dores e aos sofrimentos da vida.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sobre Nós

RosaneTarot


Este é um blog de autoria de Rosane Kurzhals. Todos os direitos reservados. A reprodução total ou parcial do conteúdo aqui apresentada está autorizada, desde que com o consentimento da autora e citada a fonte. ;)








Últimas do Blog

recentposts

Instagram