20/5 - Carta do Dia: O Eremita - Rosane - Taróloga

sexta-feira, 20 de maio de 2011

20/5 - Carta do Dia: O Eremita

É chegado o final de semana. Lua cheia, ânimos exaltados... festa! Será? Será que festar é mesmo a sublime expressão da felicidade? Quando penso nisso lembro do palhaço que, retirado do picadeiro e diante do espelho, deixa rolar suas lágrimas.

O eremita ou ermitão é um personagem que nos fala também de uma fachada que pode representar outra coisa. Tradicional, de barba, parece mal-humorado. Solitário, parece viver uma vida de reclusão e sofrimento. A carta 9 pressupõe esse entendimento. Mas, como tudo na vida, é preciso ver mais fundo se você quer mesmo enxergar a verdade.

O Eremita não é um solitário nem um ser negativo que se afasta do mundo por repudiá-lo. Ele apenas deseja respostas menos óbvias. Ele sabe que há uma realidade mais profunda e começa a procurá-la. Ele intui que, para isso, precisa afastar-se da disputa e consumismo da sociedade e se concentrar no mundo interior.

Quando o Eremita aparece no jogo, há uma necessidade de se retirar dentro de si afim de pensar sobre tudo o que está acontecendo na sua vida até agora. Você quer mudar o seu destino ou resgatar quem você já foi um dia? Então encontre o eremita dentro de si.

O Eremita é o espírito sábio que está em nós. Regido por Virgem, ele nos convida a refletir sobre nossas variadas experiências da nossa longa permanência na vida. Nossa consciência se move para dentro. Descobrimos que, na verdade, o que temos procurado está dentro de nós e não nas distrações do mundo exterior. Esta é, essencialmente, uma busca solitária. Ele, como o Louco, fica na beira de um precipício no pico de uma montanha estéril. Mas, ao contrário do tolo, ingênuo inocente que descuidadamente ignora as etapas ao longo da borda, o Eremita segura o bastão da sabedoria com uma mão e traz uma luz na outra, para dar orientação àqueles que não conhecem o caminho. O Eremita é o antigo espírito que vive dentro de nós através da existência do inconsciente coletivo, que nos guia com sua luz clara através da escuridão.

A carta simboliza que você chegou a um ponto em sua evolução, onde você deve saber que não tem que ter todas as respostas ou conhecer o futuro para poder evitar o fracasso. Você percebe que o medo e seus pensamentos desconfiados é que são os obstáculos que se interpõem entre você e a Fonte e eles devem ser eliminados. Para fazer isso, se contente em ficar sozinho ou apenas com os do seu nível. Não desperdice tempo e energia com aqueles que não estão prontos ou não são dignos da sua companhia. A introspecção é necessária para o autodomínio. Aí, então, será despertado o verdadeiro poder de um mestre, que está na compaixão.

O Eremita aprende, com seu trabalho interno no isolamento, a ajudar os outros com amor e desapego. Ele vai além do crítico. Ele é capaz de ver que as pessoas tem suas próprias escolhas e que todas as conduzirão, inevitavelmente, ao Grande Espírito. Portanto, já não precisa convencer os outros do que eles devem fazer. Ele não precisa falar muito. Ele simplesmente pode ficar calado e permitir que a sua luz brilhe através de seu exemplo. Aqueles que o vêem entendem que  eles também podem fazer brilhar sua luz sem medo.

Não nego: esta é, sem dúvida, a minha carta preferida do tarot. Seja bem-vindo final de semana. Sem festa, com alegria.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sobre Nós

RosaneTarot


Este é um blog de autoria de Rosane Kurzhals. Todos os direitos reservados. A reprodução total ou parcial do conteúdo aqui apresentada está autorizada, desde que com o consentimento da autora e citada a fonte. ;)








Últimas do Blog

recentposts

Postagem em destaque

Black Friday no Rosane Tarot

O Rosane Tarot embarcou no Black Friday!! De 25 a 30 de novembro (segunda à sábado), todas as consultas de Tarot estarão com  50%...