Luas de Sangue e seus significados - Rosane - Taróloga

terça-feira, 15 de abril de 2014

Luas de Sangue e seus significados

Em poucas horas haverá a primeira lua de sangue da segunda tétrade das luas de sangue do século. 

Por partes: Lua de Sangue é o nome dado ao eclipse lunar total, onde a Lua vai ficar com aspecto avermelhado (por conta da luz que passa pela atmosfera em torno da terra) no momento em que a Terra ficar entre o Sol e a Lua. Tétrade das luas de sangue é o conjunto de 4 eclipses totais da lua que ocorrem em uma sequencia de dois anos. No nosso caso, a primeira lua começará daqui a pouco às 01h54 de hoje (15/4),  se completará às 04h46 e e terminará às 07h38. O segundo eclipse da tétrade acontece no dia 8 de outubro, o terceiro no dia 4 de abril de 2015 e o quarto no dia 28 de setembro de 2015. Pra dar conta do quanto isso é raro, no século XXI são apenas 8 tétrades, a primeira foi em 2003 e 2004, a segunda é esta agora e a próxima, só em 2032.Quantos anos você terá? Faça as contas! Melhor aproveitar agora, não?

E como se aproveita uma lua de sangue? Com a reverência que se deve ter a quem nos chega de longa estrada, trazendo os pés em chagas, com fome e mãos vazias. Talvez você não o reconheça. Como você receberia este estranho?


Muitas pessoas tem ficado preocupadas com estes dias, principalmente pela mística que muitos supersticiosos tem lançado sobre a data - a saber, pelo pastor americano John Hagee, que relaciona a tétrade às profecias bíblicas em seu livro "Quatro Luas de Sangue: Algo está prestes a mudar ", publicado ano passado. Uma tentativa, a meu ver, de fazer mais confusão do que explicação. Claro, com uma intenção bem clara de usar o evento para corroborar suas próprias teorias e/ou fantasias sobre o seu 'salvador'. Salve-se quem puder deste cara!

Mas eis que, mesmo com tanto disse-que-me-disse, vale pensar no que um evento lindo como este significa. Principalmente com um céu em cruz como o que estamos tendo.


CRUZ NO CÉU DE ABRIL

Astrólogos em seu astrologuês nos dizem que este é um céu difícil. Na minha tradução, concluo que estamos quase uma enCRUZilhada. De um lado, no nosso consciente (alto do céu), nossos sentimentos (lua) que quererão evitar as brigas (libra/marte). De outro lado, nosso lado revolucionário (urano), pensamentos (mercúrio) e nosso ego (sol) fazem pressão contrária, no inconsciente (fundo do céu) quase como dizendo: 'liberte-me, quero sair, quero mostrar minha força!". A mesma coisa nas nossas polaridades de herança (ascendente, descendente) brigam entre o desejo inconsciente (casa 12) que vem lá dos nossos pais, do passado, nos dizendo para cuidar de guardar as nossas posses, nosso dinheiro, contra a necessidade de usá-lo nas coisas do dia-a-dia que, pra variar, estão nos exigindo mais do que nunca - principalmente para as mães, que quererão proteger ainda mais seus filhos com toda ordem de coisas materiais, principalmente comida.

Madre Teresa, a mãe anciã
Mas nem tudo é caos! A chave está nesta mãe, no feminino. A mesma mãe que alimenta estará em paz com seu lado mais feminino, mais sonhadora e desejosa de boas coisas materiais e, lógico, será prontamente atendida pelos dois senhores do tempo: plutão e saturno. Isto é, pelo seu lado mais maduro, que dirá a ela que uma grande oportunidade pode vir de algum talento oculto, quem sabe algo que já veio da sua origem, algo que possa ser desenvolvido com o tempo? E do seu lado profundamente conectado com o karma universal, onde é preciso aprender a se desprender das nossas ligações com o velho e criar espaço para o novo. Esta é a hora de acelerar a nossa evolução e nos transformar!! Sair da inércia, que é exatamente a posição que ficamos na cruz, na carta do enforcado, e partir para a fé baseada na certeza que o nosso talento nos sustentará, tendo que perseverar. Fé e perseverança, palavras que a Bíblia tão bem nos traz.

E só para encerrar o tema, cito uma parte dela, bastante citada nos discursos e no livro em questão acima. Só que numa oitava - ou capítulo - superior.  Ele ficou em Mateus 24. Aqui, Mateus 25, uma das mais citadas passagens do livro e também uma das mais emblemáticas:

13. Vigiai, pois, porque não sabeis nem o dia nem a hora.
14. Será também como um homem que, tendo de viajar, reuniu seus servos e lhes confiou seus bens.
15. A um deu cinco talentos; a outro, dois; e a outro, um, segundo a capacidade de cada um. Depois partiu.
16. Logo em seguida, o que recebeu cinco talentos negociou com eles; fê-los produzir, e ganhou outros cinco.
17. Do mesmo modo, o que recebeu dois, ganhou outros dois.
18. Mas, o que recebeu apenas um, foi cavar a terra e escondeu o dinheiro de seu senhor.
19. Muito tempo depois, o senhor daqueles servos voltou e pediu-lhes contas.
20. O que recebeu cinco talentos, aproximou-se e apresentou outros cinco: - Senhor, disse-lhe, confiaste-me cinco talentos; eis aqui outros cinco que ganhei.'
21. Disse-lhe seu senhor: - Muito bem, servo bom e fiel; já que foste fiel no pouco, eu te confiarei muito. Vem regozijar-te com teu senhor.
22. O que recebeu dois talentos, adiantou-se também e disse: - Senhor, confiaste-me dois talentos; eis aqui os dois outros que lucrei.
23. Disse-lhe seu senhor: - Muito bem, servo bom e fiel; já que foste fiel no pouco, eu te confiarei muito. Vem regozijar-te com teu senhor.
24. Veio, por fim, o que recebeu só um talento: - Senhor, disse-lhe, sabia que és um homem duro, que colhes onde não semeaste e recolhes onde não espalhaste.
25. Por isso, tive medo e fui esconder teu talento na terra. Eis aqui, toma o que te pertence.
26. Respondeu-lhe seu senhor: - Servo mau e preguiçoso! Sabias que colho onde não semeei e que recolho onde não espalhei.
27. Devias, pois, levar meu dinheiro ao banco e, à minha volta, eu receberia com os juros o que é meu.
28. Tirai-lhe este talento e dai-o ao que tem dez.
29. Dar-se-á ao que tem e terá em abundância. Mas ao que não tem, tirar-se-á mesmo aquilo que julga ter.
30. E a esse servo inútil, jogai-o nas trevas exteriores; ali haverá choro e ranger de dentes.
31. Quando o Filho do Homem voltar na sua glória e todos os anjos com ele, sentar-se-á no seu trono glorioso.
32. Todas as nações se reunirão diante dele e ele separará uns dos outros, como o pastor separa as ovelhas dos cabritos.
33. Colocará as ovelhas à sua direita e os cabritos à sua esquerda.
34. Então o Rei dirá aos que estão à direita: - Vinde, benditos de meu Pai, tomai posse do Reino que vos está preparado desde a criação do mundo,
35. porque tive fome e me destes de comer; tive sede e me destes de beber; era peregrino e me acolhestes;
36. nu e me vestistes; enfermo e me visitastes; estava na prisão e viestes a mim.
37. Perguntar-lhe-ão os justos: - Senhor, quando foi que te vimos com fome e te demos de comer, com sede e te demos de beber?
38. Quando foi que te vimos peregrino e te acolhemos, nu e te vestimos?
39. Quando foi que te vimos enfermo ou na prisão e te fomos visitar?
40. Responderá o Rei: - Em verdade eu vos declaro: todas as vezes que fizestes isto a um destes meus irmãos mais pequeninos, foi a mim mesmo que o fizestes.
41. Voltar-se-á em seguida para os da sua esquerda e lhes dirá: - Retirai-vos de mim, malditos! Ide para o fogo eterno destinado ao demônio e aos seus anjos.
42. Porque tive fome e não me destes de comer; tive sede e não me destes de beber;
43. era peregrino e não me acolhestes; nu e não me vestistes; enfermo e na prisão e não me visitastes.
44. Também estes lhe perguntarão: - Senhor, quando foi que te vimos com fome, com sede, peregrino, nu, enfermo, ou na prisão e não te socorremos?
45. E ele responderá: - Em verdade eu vos declaro: todas as vezes que deixastes de fazer isso a um destes pequeninos, foi a mim que o deixastes de fazer.
46. E estes irão para o castigo eterno, e os justos, para a vida eterna.

Moral da história: Não esconda o seu talento, não o enterre. Seja generoso com os 'pequenos', com as crianças. Elas são as herdeiras do mundo. E não pense apenas nos seus filhos. Lembre que o Universo 'colhe onde não semeia e recolhe onde não espalha'. Que diferença faz se é seu filho ou filho do mundo? A centelha divina mora nas crianças. Elas tem a chave. São os cristais do mundo. Que, bem lembrado, no mapa astral deste momento está na casa 2, das posses, em peixes:


QUÍRON EM PEIXES
Quíron aponta onde se escondem nossas feridas mais profundas, onde doamos o que não temos. Contribuímos com os outros, mas não conseguimos nos ajudar.

Desde fevereiro de 2011 e até março de 2019 Quíron estará em Peixes trazendo a vítima ou o salvador que existe em nós. Podemos querer fugir da realidade, a solução será usar a criatividade e a imaginação para gerar alegria para todos. Devemos cuidar com falsos líderes e mestres.
 
“Grande parte de vosso sofrimento é por vós próprios escolhido”. É a amarga porção com a qual o médico que vive dentro de nós cura o nosso Eu doente. Confiai, portanto, no médico e bebei seu remédio em silêncio e tranquilidade, pois sua mão, embora pesada e dura, é guiada pela suave mão do Invisível.


Quíron em Peixes ou na casa 12 tem um forte sentido do transpessoal e de coletivo, uma forte identificação com o caos, com aquilo que se dissolve e um desejo secreto de regressar à unidade, ao uno e indivisível.
 

Quíron em Peixes ou na casa doze reflete uma grande sensibilidade para com o sofrimento, atenção para com os problemas coletivos pouco divulgados ou ocultos. Esta posição pode gerar terapeutas, curadores e reformadores que procuram no inconsciente coletivo as forças e as soluções para ultrapassarem os problemas crônicos da humanidade. Muitos deles trabalham longe da atenção pública.
Com este posicionamento a pessoa pode assumir uma personalidade desapegada e totalmente despojada perante a vida, mas de forma consciente e criativa, procurando ultrapassar as limitações e transmutar os seus próprios sofrimentos, complexos cristalizados através da auto renúncia doadora e da prática da espiritualidade, regenerar a si e aos outros.


(texto extraído de http://tallerdechiron.blogspot.com.br/2013/08/quiron-em-peixes.html) 


Mãe Universal
Nós te saudamos
Ó Mãe Universal
Plena é a tua Graça,
A unidade está em Ti
A Nova Humanidade.

Ó Suprema Mãe Universal
Intercede por nós
Seres da superfície da Terra
Para que possamos
Consagrar-nos
Como dignos Filhos de Deus
Na Fé,
Na Paz,
Na Protecção, 
Na Cura, 
Na Unidade,
No Amor,
No Perdão,
Na Reconciliação,
Na Caridade,
Na Humildade,
Na Transmutação
E na Fraternidade,
Agora,
E no momento da nossa total
E definitiva entrega.
Ao Pai Criador.

Amén

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sobre Nós

RosaneTarot


Este é um blog de autoria de Rosane Kurzhals. Todos os direitos reservados. A reprodução total ou parcial do conteúdo aqui apresentada está autorizada, desde que com o consentimento da autora e citada a fonte. ;)








Últimas do Blog

recentposts

Instagram