5 de Copas - Rosane - Taróloga

sexta-feira, 7 de agosto de 2015

5 de Copas

Esta é uma carta um tanto complicada. Retrata decepções, frustrações, pesar, arrependimentos. Há 3 copos derramados e um castelo do outro lado de um rio. Sendo do naipe de copas, estamos falando de decepções afetivas. Alguém que você confiava parece que o abandonou, traiu, o deixou. E você sente essa decepção. A casa do outro lado do rio pode significar o lar seguro do qual você agora está afastado. Um rio (de lágrimas?) está entre vocês e ele corre, predizendo que é necessário deixar fluir, deixar passar o que há entre vocês.

Esta carta está ligada tanto às decepções afetivas com parceiros amorosos quanto profissionais, familiares, etc. É certo que você esperava algo desta pessoa. Um comportamento exemplar? Uma ajuda? Atenção? O outro lhe negou o que você esperava e isto decepciona, certamente.

Mas há algo positivo nesta carta - como em todas as cartas do tarot e da vida.

No tarot mitológico, esse pesar acontece por uma situação ímpar. Eros negou a Psiquê que ela verdadeiramente o conhecesse. Motivada por temores de que seu consorte fosse, na verdade, um monstro, ela acende uma lamparina para vê-lo em seu sono. Porém, ao descobrir a face maravilhosa de seu amado, descuida-se e deixa cair uma gota de óleo sobre suas asas, acordando-o sobressaltado. Vendo que sua amada o traíra, ele a abandona, deixando-a solitária em seu castelo.

O lamento de Psiquê por desconfiar do seu marido a ponto de traí-lo leva ao arrependimento que trata esta carta. Não um arrependimento de quem comete um erro e lamenta-se de tê-lo feito. Afinal, este fato teria que acontecer. Em todo relacionamento em que o outro pede para não ser conhecido de fato e quer manter o outro apaixonado por um ideal, haverá traição. E sua causa era justa: ela precisava da verdade. O lamento acontece justamente porque agora ela sabe mais do que ninguém quem realmente ele é e, mais do que nunca, o quer para si. Trata-se de um lamento consciente de quem reconhece a importância do outro na sua vida. E, com isso, abre-se uma nova consciência: você sabe agora o que quer e vai fazer de tudo para que a pessoa retorne. Não para se redimir. Não por culpa. POR AMOR.

É aí que a carta vira: as 2 taças intactas do tarot Rider-Waite, bem como a taça de pé do tarot mitológico significam que A PERDA NÃO É TOTAL. Nem todas as taças foram derramadas e há esperança de continuidade. Óbvio que o relacionamento não será o mesmo. Mas certamente haverá mais honestidade e clareza de ambas as partes. E isso pode deixá-lo, inclusive, melhor.

Se você tirar esta carta, lembre-se: agora é a hora de assimilar a perda, trabalhar sobre a emoção do abandono e batalhar para a reconciliação. Há muita luta pela frente. Você - ou o outro - terá que provar o seu valor para reconquistar o que foi perdido. Mas a luta é justa e vale todo o esforço.

Axioma da carta:

Se fiz alguma coisa boa em toda a minha vida, dela me arrependo do fundo do coração.
William Shakespeare




2 comentários:

Sobre Nós

RosaneTarot


Este é um blog de autoria de Rosane Kurzhals. Todos os direitos reservados. A reprodução total ou parcial do conteúdo aqui apresentada está autorizada, desde que com o consentimento da autora e citada a fonte. ;)








Últimas do Blog

recentposts

Instagram