3 jeitos fáceis de usar o Tarot no seu dia a dia - Rosane - Taróloga

segunda-feira, 1 de outubro de 2018

3 jeitos fáceis de usar o Tarot no seu dia a dia

 



Ler o Tarot não significa decorar todos os símbolos, saber exatamente todas as tiragens e métodos possíveis, ler livros esotéricos para compreender os arquétipos de cada carta... trata-se de VER. 

O Tarot é, antes de qualquer coisa, um instrumento visual. É preciso apenas saber enxergar o que cada imagem nos diz para reter as informações que ela no passa. 

Entendendo isso, é possível, aí sim, começar uma relação com o Tarot. Neste sentido, é como tudo na vida: quanto mais tempo você passar com ele, mais você vai entendê-lo.


Dicas de como usar o Tarot no seu dia a dia


Vou passar a você três formas rápidas que uso para fazer do Tarot o meu mais sábio coach. O melhor é que nenhum desses modelos é difícil ou demorado. Às vezes leva apenas alguns minutos. Vamos a eles?

1. Como meditação diária


Este é o método que sigo e que acaba gerando as mensagens da Carta do Dia que envio diariamente todas as manhãs à minha Lista Vip - clique aqui se quiser fazer parte dela. É grátis.

Esta prática é a que mais recomendo. Tanto porque nos serve de orientação e alerta para o dia, quanto porque, no horário em que é feita, nos ajuda a nos conectar com a energia mais forte do dia, sendo excelente para treinar a nossa Intuição.

Passo a passo:

1) No início do dia, de preferência às 6h da manhã, embaralhe o seu Tarô 7 vezes;
2) abra-o em leque nas mãos ou sobre uma mesa e pergunte: "o que preciso saber hoje?"; 
3) em seguida, retire apenas uma carta e olhe-a fixamente por pelo menos 1 minuto. 
4) Tente captar sua imagem e imagine que 'cena' está acontecendo. Quem é você na carta, o sentimento que você percebe, o que a carta diz para você?

Opcional: Caso você queira testar sua intuição, procure na internet (ou aqui neste blog) sobre o significado da carta. Mas inicialmente não é necessário. Confie na sua intuição e extraia a mensagem que a sua sabedoria interior lhe passa. 


Diário de Tarô: uma ótima forma
de acompanhar suas tiragens
Ideia: faça o seu Diário de Tarô 

Se quiser se exercitar mais ainda, anote suas impressões num caderno. Ao final do dia, antes de dormir, reveja a sua anotação e complemente com o que aconteceu e como os fatos se relacionaram com a carta. Você vai ver como as situações 'batem' incrivelmente! 




2. Como conselheiro pessoal


Use o tarô como seu guia para uma vida mais feliz


Quantas vezes passamos por situações em que estamos cansados, sem foco, emocionalmente confusos... e não conseguimos dar uma resposta adequada a um problema! Ou mesmo com uma situação nova diante da qual simplesmente não sabemos o que fazer?! É nesta hora que o Tarô pode ser nosso melhor coach.

Diante da situação que você precisa de resposta, retire-se do ambiente em que está (até um pulinho ao banheiro ou a algum cômodo onde você pode estar sozinho/a), respire profundamente por pelo menos 3 vezes para se concentrar, pegue o seu baralho e retire aleatoriamente uma carta, agora com a pergunta: "O que preciso aprender com esta situação?"

Olhe bem para a carta que você sorteou e capte a primeira impressão que você sentiu. 

A intenção desta tiragem não é dizer o que você precisa fazer, mas o que precisa aprender. Em cada situação há um aprendizado e o objetivo deste conselho é olhar para dentro de você e tirar da sua sabedoria interior a resposta que você deve dar à situação que enfrenta. A resposta desta carta o/a colocará no presente e o/a deixará mais consciente.


3. Como gestor de conflitos - criando 'a ponte'


Você tem um desentendimento com alguém. Uma rixa no trabalho. Alguém que pega no seu pé. Está com um problema no casamento. Qualquer que seja a natureza da desavença, é preciso entender a situação para sair dela. 

Neste caso, nada melhor que tentar entender a motivação da outra parte e tentar criar uma ponte entre vocês. Isso permitirá a você entender os motivos da outra pessoa sem julgamento e sem se colocar na posição de vítima.

Neste caso, siga os passos 1-2 até abrir as cartas em leque. Então sorteie 3 cartas e distribua conforme o esquema abaixo. 



1. Minha Necessidade: A primeira carta sorteada será para você e representará as suas necessidades. Atente para o resultado e perceba como você se posiciona e quais emoções estão envolvidas.

2. Necessidade da Outra Pessoa: A segunda carta sorteada será para a pessoa com quem você tem o atrito, para representar o que ele/a precisa nessa a situação. Coloque a carta à direita da sua carta. Perceba novamente o resultado. Veja as duas cartas. Elas se olham ou estão de costas uma para outra? São de naipes diferentes? Interagem de alguma forma?

3. A Ponte: A terceira carta sorteada deve ficar no meio das cartas que representam vocês, um pouco acima. Ela servirá para responder como será possível criar uma ponte entre as suas necessidades e do outro e estabelecer um acordo entre vocês.

Exemplo prático:

Briguei com alguém que gosto por uma situação que há anos vem se arrastando com relação ao trabalho. Quero resolver a situação de forma que seja benéfico para ambos. Tiro, respectivamente, o 10 de Ouros para mim, o Ás de Espadas para o outro e o 2 de Paus para a ponte.




1. 10 de Ouros: Quanto a mim, significa que a situação é uma relação que se mantém apenas por questões financeiras. Há em mim uma necessidade de segurança, estabilidade e inclusive união familiar.

2. Ás de Espadas: Para meu colega, é importante pensar friamente na situação e fazer um 'corte' que pode ser de despesas ou de algo, doa a quem doer. Significa que, para o meu amigo, algo precisa ser eliminado para se libertar de uma situação. Talvez até ele mesmo queira romper com a sociedade.

3. 2 de Paus: Como ponte, a carta do 2 de Paus sinaliza para a necessidade de enxergar mais longe e estar atento a tudo o que se passa à nossa volta, para evitar perdas futuras. É possível que se esteja num impasse entre ficar como se está ou arriscar um corte que significa uma perda ou dívida. É preciso, com este arcano, ter clareza sobre os recursos que se tem para dar passos conforme as pernas.

Resolução: O melhor, neste caso, seria aguardar o momento mais adequado para tomar uma decisão, como ter os recursos ou o tempo que se precisa, e, quando chegar o momento certo, partir para a ação. Mesmo que seja o 'corte' solicitado pelo outro. 
Gostou? Se curtiu, deixe seu comentário. A gente adora. ;)


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sobre Nós

RosaneTarot


Este é um blog de autoria de Rosane Kurzhals. Todos os direitos reservados. A reprodução total ou parcial do conteúdo aqui apresentada está autorizada, desde que com o consentimento da autora e citada a fonte. ;)








Últimas do Blog

recentposts

Instagram